terça-feira, 30 de dezembro de 2008

Da série: Estar de ressaca é...

Nossa, que noite, mais uma dessas e eu tombo. Andei rezando para todas as entidades que possam existir para que essa dor de cabeça desgraçada passe, de Neosaldina à Nimesulida, putz tomei de tudo e nada...

Ao fundo ouço a intermitente e sarcástica voz da minha esposa falando (berrando) no meu "pé" do ouvido: "VAI ENCHER A CARA DE NOVO"... estou envolto em uma aura etílica desde o dia 19 mais ou menos, e tirando a dor de cabeça de vez em quando, é muito bom!

Você acorda sem ter dormido (!?!?!?) e acha que a festa onde você está ainda é a da noite anterior com a família e tal... e, de repente não mais que de repente percebo que estou em um local totalmente inóspito, cercado de gente estranha, que a principio parecem ser todos meus amigos( pelo menos me chamam pelo nome) então num súbito lampejo de lucidez eu pergunto: " bixo de quem é essa casa"? ouço ao meu lado uma voz feminina com uma baforada de cigarro "firestar" me dizendo "num sei, ia passando os cara me chamaram, e eu entrei. Porra mas a festa tá massa." Definitivamente ainda não consegui achar minha casa, mode ressaca ON...

Um comentário: